24 setembro 2013

Acima do império dos consensos


Um comentário:

Marcio Pereira Gonçalves disse...

Eu vivi um bom tempo da minha vida cristã dentro de uma denominação neo pentecostal. E fui ensinado que não devia fazer o errado, para assim ser abençoado. Não foi mudança de denominação que me fez entender o por quê de fazer o certo, por ser certo. Mas foi o Evangelho de Jesus, que me ensina a fazer o certo porque é o certo a ser feito. Antes fui ensinado a barganhar com Deus. Hoje eu entendo a resposta de Deus a Paulo, "a minha graça te basta". Que Senhor te abençoe Norma. :)