18 agosto 2008

Quintana é emo

Mario Quintana, para mim, é o poeta Hello Kitty, amado por nove entre dez adolescentes do sexo feminino que gostam de ler, bem, poesia. (Como só passei a gostar de cor-de-rosa depois de adulta, não era fã de Quintana nessa fase.) Tinha até um amigo que comprava todos os anos a Agenda Quintana só para escrever adendos humorísticos a cada poemeto.

Esses dias, para nossas boas risadas, outro amigo, Edson Camargo (do Profeta Urbano), sentenciou comigo por chat: “Quintana é emo!” Por exemplo, nada mais emo do que aquele famoso Poeminha do Contra, escrito sobre (ou para) seus desafetos que não o deixavam entrar para a Academia Brasileira de Letras:

“Todos estes que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão.
Eu passarinho!”

É preciso reconhecer: o último verso clama por paródias! Foi o que começamos a fazer, frenética e gargalhadamente:


Versão Pit-Boy: “Eles passarão, eu passarei o pé na sua fuça”
Versão Louco para Imigrar: “Eles passarão, eu passaporte para os EUA”
Versão do Aproveitador: “Eles passarão, eu passo a mão na bolsa”
Versão Pasma: “Eles passarão, eu, tô passado!”
Versão Dadá: “Eles passarão, eu passo-ão”
Versão Dadá Internacional:
“Eles passarão, eu pussy cat

V
ersão Burro Assumido: “Eles passarão, eu pastarei”
Versão do Teimoso: “Eles passarão, eu passo não”
Versão Toca do Coelho: “Eles passarão, eu, paçoquinha”
Versão Centro Cultural: “Eles passarão, eu Paço Imperial”

E as bíblicas:


Versão Crente Educado: “Eles passarão, eu, paz do Senhor, irmão”
Versão Moisés no Egito: “Eles passarão, nós, sejamos cautelosos, soldados egípcios”
Versão Evangelista Avivado: “Eles passarão, nós iremos por todo o mundo e pregaremos o Evangelho a toda criatura!”

A brincadeira não tem fim. Aguardo novas versões na caixa de comentários!

19 comentários:

Lelê Carabina disse...

Esta onda emo é uma praga mesmo, estes dias andava com um tênis branco, destes tipo 'all star' e me chamaram de emo! Até coisas do arco da velha estão ganhando o rótulo de emo! rsrsrs Agora até com os poemas de Quintana, assim não dá! rsrs Eu sou suspeita viu, gosto muito de Quintana, o nome do meu blog foi inspirado num dos poemas dele, mas somente depois de passar dos poemas superficiais-que-todo-mundo-conhece foi que eu passei a gostar de verdade... amo o Quintana! (meus sais isso soa muito emo rsrsrs)
Ah sim, parece que destravou Norma? Um beijo!!!

Lelê Carabina disse...

E taí minha contribuição!
Versão BOPE: "Eles não passarão! Pedem pra sair, pedem pra sair!"

Anderson Gonzaga disse...

Versão gasolina-boy: "Eles passarão; nóis de Passatão!"

Hehe, não resisti....

Cristiano Silva disse...

Versão de Cristo: "Eles passarão, Eu não".

Cristiano Silva disse...

Versão Paulo Maluf: "Eles passarão, mas a assinatura não é minha!".

Versão "espírito da nossa época": "O fato de eles passarem ou não, ou como passarem, é relativo, e assunto deles. Você não é o dono da verdade, e o mais importante é ser feliz."

Norma disse...

Lelê querida! Você é emo, hehehehe!
Para você ver como a superfama estraga um autor: não consigo me lembrar de nenhum poema quintanal de que tenha gostado, mas certamente a culpa é minha, por não ter procurado direito.

Ah, eu sou emo também: gosto de Belle and Sebastien, a banda mais emo (e mais desafinada) do planeta!

Pessoal, as frases estão GREAT!!! Continuem, continuem!

Cristiano Silva disse...

Versão do Dunga: "Os argentinos passarão, nós não".

Cristiano Silva disse...

Versão deputado corrupto: "Eles passarão; eu, mensalão!".

Versão Bíblia: "O céu e a terra passarão, mas nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra" (adaptado de Mt. 5:18).

tulegato disse...

Oi Norma,
desculpe a vulgaridade,
mas tem a do ator pornô:
Eles passarão, eu passaralho!

L. F. disse...

Hahaha! Ótimo! Me lembrei que no colegial transformei o "Minha terra tem palmeiras, Onde canta o sabiá" em "Minha terra tem palmito, Onde canta o periquito"...
Voltando ao Mario Quintana e por falar em atravancar o caminho, pensei na versão ex-ministro do Collor:
"Todos estes que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão.
Jarbas Passarinho!"

Um abraço,

Luiz Fernando
http://o-ocio-destrutivo.blogspot.com/

Rodrigo Serrao disse...

Versão reprovado no vestibular: Eles passarão, eu, vou ter que fazer cursinho (de novo!).
Versão do pego roubando no shopping: Eles passarão, eu passo direto para a prisão.

Paulo Pires disse...

Não mando frases, mas conto uma historinha.

Eu nunca fui muito de poesia, e de Quintana, então, desconhecia tudo. Também nunca vi minha esposa lendo poesia, mas ela teve uma fase de dizer que gostava de Quintana, e cehou a colocar alguns livros dele em sua wishlist. Por isso, no seu aniversário, fui a uma livraria para comprar algo de Mário Quintana para ela.

Olhei vários livros quintanenses, passando os olhos por vários poemas. Odiei tudo o que li, e me recusei a dar de presente para minha amada qualquer daqueles exemplares repletos de temas ligados a bruxaria ou evocando símbolos opostos à cristandade.

Posso estar redondamente enganado -- pois eu não sou leitor de poesia, e talvez esteja a um universo de distância daquilo que Quintana quis dizer poeticamente. Na minha limitada compreensão, porém, o "cara", além de "emo", é totalmente "do mal". E meu choque fica maior ainda quando lembro de sua celebração como um poeta para crianças.

Tenho cura?

Um abraço.
Paulo Alexandre

fabaovb disse...

Versão Ricardo Reis:
Eles passarão, eu passarei à Natureza apenas.

Versão funkeiro:
Eles passarão, eu Bonde do Tigrão.

Versão usuário de ônibus:
Eles passarão, eu vou de busão.

Versão italiana:
Eles passarão, eu macarrão.

Versão algarvia:
Eles passarão, eu Portimão.

Mayalu Felix disse...

Muito engraçado, acho que vou copiar + colar para o meu blog (preciso da sua autorização?). Bom, com todas as críticas eu gosto de muito do que Mário Quintana escreveu.

Há a versão socialista:

Eles passarão?
No passarán!

:)

Mayalu Felix disse...

Versão capitalista:

"Eles passarão
Mas pagarão."

Mayalu Felix disse...

Pensei neste, também:

Versão Gramática Normativa da Língua Portuguesa:

Eles passarão
Eu passarei
Tu passarás
Ele passará
Nós passaremos
Vóis passareis

Depois que a gente começa a pensar, a criatividade flui.

:)

Mayalu Felix disse...

Versão Caetano Veloso:

"Eles passarão
E eu, e eu, e eu, e eu?"

Mayalu Felix disse...

Pois é, vira uma "mania" (no sentido não politicamente correto) - vira uma brincadeira gostosa. Outro dia fui aos Correios e, enquanto esperava, em vez de ler ou fazer palavras cruzadas, comecei a pensar de novo nas possibilidades. Mais uma:

Versão Lavanderia:

"Eles passarão
Mas nós passamos melhor!"

***

Vc poderia publicar um post, depois, com todas as versões aqui lançadas, classificadas por grupos de interesse, tema etc.

Sunshine disse...

essas frases são hilárias, realemente é muito divertido quando se brinca com poesia e desdobramentos dela. Mas falando de passar, fiquei passada com o comentário de alguém lá em cima sobre o Mário ser do "mal": hein?! Não entendi onde esse leitor viu isso? Minha versão hipocondríaca
"Eles passarão, eu passei mal, chamem um médico!"