26 outubro 2010

Bravos, Ferreira Gullar!

"Não estou dizendo que o Serra é perfeito. O Serra tem mais que mostrar do que ela [Dilma]. Eu tenho mais confiança nele porque ele tem trabalho feito, e ela nenhum! A Maria da Conceição e o Chico Buarque só votam nessa coisa porque têm nostalgia da esquerda! Têm de abrir a cabeça para um mundo novo! O comunismo já era, acabou! Sem contar que foi uma besteira. O que é que é Cuba? Eu defendi Cuba, fiz poemas sobre Cuba. É um fracasso completo! Como podem defender uma sociedade em que as pessoas não têm o direito de sair de lá? Em troca de quê? Terá por acaso riqueza lá? Não. É miséria, subdesenvolvimento económico e falta de liberdade. Eu não vou defender isso, meu Deus. Quero ter o direito, se acho que o país é uma m****, de sair daqui na hora que eu quiser. Compro uma passagem e vou para Lisboa! Agora! Não tenho de pedir licença a ninguém! E o Chico e a Maria da Conceição defendem isso! Que moral têm essas pessoas para defender alguma coisa justa? Aí fica o Serra de direita? É de direita porque não concorda com isso. Ser de esquerda é o quê? Achar que as pessoas não têm o direito de sair do seu país quando quiserem? É isso que é ser de esquerda? Isso é uma besteirada. Tem de acabar com essa conversa."

Adorei. :-) A entrevista completa está aqui.

47 comentários:

Cristiano Silva disse...

É a famosa ideia da "gaiola de ouro": pode até ser arrumadinha lá dentro (não falam que a educação e a saúde em Cuba seriam de qualidade?), mas vai tentar sair para ver o que te acontece...

Legal mesmo (mas ainda não voto no Serra hehehehe).

God bless.

Ricardo Mamedes disse...

Desconfio que ser de esquerda nesse cenário é mesmo ser burro! Ou melhor, otário. Eu me refiro, claro, aos incautos. A "nata", o establishment do PT, essa sim, nada de braçada, depois de dividir o Estado entre si.
Mesmo respeitando a democracia, não posso entender um verdadeiro cristão votando no PT!

Ricardo.

odranoeljrs disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cristiano Silva disse...

Dois pontos que eu achei interessante foram:

1. "Porque é que o [Paulo] Maluf é votado em São Paulo até hoje, apesar de ser ladrão, comprovado?"; gostei muito desta frase hehehe

2. A passagem para políticos de uma geração que não lutou efetivamente contra a ditatura; achei interessante, pois acho que muita gente que não merece acaba se elegendo com este discurso "lutei contra a ditadura" quando na verdade, nem o fez. Com esta passagem, este discurso pode cair em desuso.

Abraços.

Norma disse...

Odranoeljrs,

Esse processo não é tão difícil de entender. Bastam duas disponibilidades: uma, a de ler sobre os processos que caracterizam a instalação de regimes totalitários; outra, a de ler sobre os projetos que o PT pretende implantar no país. Leia sobre como foi montada a URSS, leia como foi montado o regime nazista (recomendo o excelente Tempos modernos, de Paul Johnson, como leitura introdutória). Por exemplo, sabe por que o adjetivo "soviético"? Os soviets eram grupos que promoviam a reforma agrária na força do braço, exatamente como o MST. E esse projeto do PT, o PNDH-3, sanciona as ações do MST juridicamente ao criar os "conselhos", legitimando as invasões. Isso está explicado resumidamente aqui:

http://www.ipco.org.br/home/noticias/esclarecimento-sobre-recentes-mudancas-introduzidas-no-pndh-3

A informação está disponível e todos somos responsáveis. Se não lemos, também nos tornamos responsáveis: por omissão. É necessário deixar um pouco de lado os belos slogans da esquerda e pesquisar bastante. Até que você vai descobrir que esses slogans não passavam disso mesmo: puros slogans - e para vender um produto mortífero.

Norma disse...

Cristiano,

O voto no Serra é para tirar a máquina petista do poder e adiar um pouco a cubanização do Brasil. Porque, pelo adiantado da coisa, se não houver uma intervenção divina, o processo parece ter tudo para ir adiante. Então, Serra apenas dá um fôlego para que o povo fortaleça sua oposição à esquerda e se organize. Senão, meu irmão, eles vão implantar a força esses projetos e aí estamos perdidos. Ou você acha que a Dilma não vai correr assim que chegar à presidência? Eles não têm tempo a perder.

É assim que vejo.

Abraços!

Norma disse...

Outro texto introdutório excelente para compreender como se formam os totalitarismos (que sempre começam na transformação das leis):

http://jonasmadureira.blogspot.com/2009/12/afinal-o-que-e-totalitarismo.html

Ricardo Mamedes disse...

Norma,

Permita-me responder ao ilustre Odranoeljrs, já que ele se dirigiu diretamente à mim.

Pois bem, se você observar verá que eu não construí qualquer empecilho ao voto na Dilma, apenas admiti uma certa perplexidade. Não é questão de avalizar ou não, mas de expressar o meu pensamento, coisa que vocês, esquerdistas, detestam engolir. Aliás, basta ver o que a horda do PT, capitaneada por Lula (molusco, para que você se lembre do "elitista" Azevedo)vêm fazendo com a tática de repetir mentiras à exaustão com o intuito de transformá-las em verdades (Goebbels).

Apenas "ad argumentandum", gostaria de asseverar que não voto mesmo na Dilma ou em qualquer outro candidato do PT, pois cultivo valores completamente diversos daqueles que essa camarilha cultiva. Abomino negociatas, relações espúrias entre o particular e o Estado, aparelhamento estatal para o partido e amigos do "rei"; tirania, perseguição aos contrários, como faz Lula e a sua sigla (PT), demonização da oposição, mistificação (como no caso da bolinha de papel), etc, etc, etc.

Sou tão pacífico que até respeito o seu esquerdismo, mesmo não comungando do seu ideal. Porém, isso não me faz aceitar um "Chefe de Estado" que aplauda Ahmadinejad, irmãos Castro, ditadores da África... Essa "diplomacia" petista me enoja, na medida em que me sinto violentado como brasileiro ao ser colocado na conta daqueles que estão alinhados a tais personalidades.

Por fim, não vejo mesmo coerência em se sacrificar um bem maior (vida, liberdade -respeitado o conceito, democracia), em prol de um bem menor (assistencialismo). Confesso que não estou mesmo impregnado dessa sua ideologia - graças a Deus!

Ricardo.

odranoeljrs disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ricardo Mamedes disse...

Com a sua licença, Norma,

Meu Deus! E depois sou eu que estou rendido a estereótipos... O caro Leonardo destilou toda a sua "raiva" contra o que rotula de "mídia opositora" - e mais uma coletânea de jargões de esquerda - e mesmo assim, não é de esquerda! E mais: rotula o Reinaldo Azevedo de "elitista" e demoniza o "resto" da classe política brasileira, assim entendidos os que não são do PT! Mas ele não é de esquerda! Odeia tanto a Revista Veja como os aloprados do PT e a Marilena Chauí (exatamente uma das poucas que ainda não se renderam à "sedução" do $$$$ representado pelo "estado petista" - com "e" minúsculo mesmo)

Leonardo, você pode até não ser de esquerda, mas anda se esforçando tanto para parecer...

Ricardo.

odranoeljrs disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Norma disse...

Odrano,

Também sou a favor da manifestação aberta de voto e posições políticas no Brasil. Nesse sentido, a Carta Capital marcou um ponto.

Agora, eu fiquei intrigada com uma coisa. Pelo que percebo do seu texto, você é bem informado e escreve de modo articulado; como pode dizer que o debate aqui está "muito além do meu alcance de mero eleitor"? Custo a acreditar que você não leu nada sobre o PNDH-3, o Ancinav e tantas outras tentativas de implantar mecanismos de controle da sociedade pelo PT. O "mero eleitor" precisa ler sobre essas coisas. Há juristas responsáveis escrevendo e falando sobre elas (como o Ives Gandra no programa do Jô, procura no You Tube). É informação na mídia, acessível a qualquer um, em linguagem que qualquer um pode entender. O cerceamento da imprensa é bem real, bem como a sovietização do país (como eu já escrevi antes, e você parece ter ignorado totalmente).

Se você leu minha postagem anterior, viu que não estou nesse discurso dual, pois para mim a eleição do Serra é apenas uma forma de atrasar a viabilidade desses projetos. Falta para o Brasil uma visão política mais responsável, que solidifique os rumos do país, uma visão de longo prazo que beneficie gerações inteiras por estar calcada em teorias que de fato têm pé na realidade.

Fiquei curiosa em relação às políticas de inclusão que beneficiaram você e seu círculo de pessoas próximas. Poderia descrevê-las?

Abraço.

Norma disse...

Gente! Cadê as postagens que estavam aqui? :-(

Norma disse...

Odrano, não faz isso não, deixa as postagens e vamos conversar. :-)

roney disse...

Gostei da entrevista. É muito bom ver um ex-comunista admitir seus erros, porém fiquei pensativo com o crédito que ele deu ao marxismo pelas conquistas de direitos dos trabalhadores. O que você acha disso?

Ricardo Henrique disse...

Deu na CBN: em discurso na Petrobrás, José Dirceu (líder do criminoso mensalão) diz que quem governará o Brasil não será Dilma, mas o Partido dos Trabalhadores.

http://www.jgpimentel.com.br/capa.asp

(Espere carregar o aúdio desta homepage)

andré , o eslavo disse...

Sei que nesse blog Dilma não é bem-vinda .Li os comentários , existem bons e maus argumentos. De qualquer forma ela foi eleita e será nos próximos quatro anos nossa presidente. Sei também do medo de muitos , com temas realtivos a aborto , homossexualismo , liberdade de imprensa .
No entanto eu queria deizer 3 coisas

1-) Quando lula foi eleito presidente , nas duas vezes anteriores , também falaran horrores e o apocalipse doi prometido.Temos que reconhecer que nada disso aconteceu. O governo de Lula teve coisas boas e ruins .Naminha opinião as boas superaram em muito as ruins. Mas o fato é que não houve o apocalipse prometido.
2-) Vários nesse blog disseram difícil entender como um cristão vota em Lula ou em Dilma ou no PT.Sou cristão protestante , atuante , e sirvo a Deus em uma das comunifafes mais pobres do Recife. Gostando ou não , o PT , foi o único partido que se fez presente. Eu vi gente pobre tendo emprego , tendo comifa e entrando na faculdade. Para vocês isso pode não ser nada , mas faz toda diferença pra quem sempre foi jogado na lama e hoje vislumbra um futuro.
3-)Votei em Dilma. Apoiarei criticamente seu governo , e espero que de certo , que ela consiga vencer os desafios.

Quanto aos calvinistas que frequentam esse excelente blog , e não votaram na Dilma , não há motivo para chateação ou desanimo. Deus esta no controle , ele conduz todas as coisas em sua soberania. Apliquem a palavra do Alfredo de Souza à Dilma. Ele disse , falando cobre Pinochet , que Deus usou pinochet para castigar o povo idólotra do chile , então , nessa linha Deus tem um propósito para dilma. Desncansemos no proposito de Deus , ele controla tudo e é tudo plano dele , porque se estressa.Ou então apliquemos a palavra so articulista do BLOG SEM NOME , que disse ser apobreza plano de Deus , pois bem , se Dilma esta eleita Deus permitiu , então descansemos.

Abrços

Tiago Abdalla disse...

Concordo com o André de que Deus esteja no controle soberano da história de nosso país.

Por outro lado, discordo de que Dilma fora uma escolha justificável do eleitorado brasileiro, seja pelos escândalos vários de corrupção do atual governo ou pelo passado violento e sujo no embate político dela.

As ações de Dilma no passado não demonstram uma luta democrática nem limpa pela liberdade. Nunca a vi demonstrar um pingo de arrependimento. E, afinal das contas, o assistencialismo petista no nordeste justifica seu sistema corrupto?

Observe quem estava ao lado de Dilma no discurso da noite passada.

Postei um lamento em meu blog:
http://tiagoabdalla.blogspot.com/2010/11/um-lamento-politico.html

Abraços.

Norma disse...

Muito bom, Tiago!

No Facebook, comentei que não estava de luto pela vitória de Dilma, mas sim feliz por causa do tamanho da oposição que ela terá de enfrentar. 44% não é um número desprezível e a consciência política do Brasil parece ter aflorado de modo especial nessas eleições.

Mas, pensando bem, talvez haja um luto a fazer: o da memória. Como em 1984, fatos vêm sido negados e reescritos "como nunca neste país". Dilma não apoia o aborto, Dilma não foi terrorista, Dilma não assaltou banco... Isso me apavora. As pessoas, mais que nunca, parecem dispostas a acreditar no que querem. Obrigada por ter posto esses links preciosos para tentar reavivar a memória dos brasileiros. Como faço para postar no Facebook?

Abraços!

Tiago Abdalla disse...

Oi, Norma,

eu que agradeço pela discussão político-social que você promove, constantemente, em seu blog e pelas observações pertinentes que faz.

Eu não sei como postar no Facebook porque não tenho conta lá. Mas fique à vontade para postar.

Deus a abençoe,

Abraços!

Tiago Abdalla disse...

Também me entristeço com essa falta de memória nacional. Isso demonstra a falta de preocupação da maioria do eleitorado brasileiro em se informar ou desprezar dados históricos importantes. Mas, como você observou, graças a Deus, uma grande porcentagem tem demonstrado uma postura crítica.

Parece que a política do "pão e circo" tem funcionado bem por aqui, isto é, "mensalões" e "sangue-sugas" são logo abafados com a promoção do assistencialismo ou com a divulgação do crescimento da economia.

Abraços!

Norma disse...

Tiago,

Você lembra se o passado da Dilma como guerrilheira foi lembrado com orgulho pela propaganda eleitoral? Não vejo televisão há séculos. Se não foi, eis aí um indício fantástico da mudança de mentalidade geral: a esquerda heróica e mítica dos anos da ditadura está perdendo a força no imaginário do brasileiro. Isso é muito importante!

Aprendiz disse...

Eslavo

O fato de lula não ter conseguido fazer do Brasil uma Venezuela, uma Cuba ou uma Coréia do Norte, não quer dizer que a oposição forte a ele não é necessária. Quer dizer o contrário, que a oposição deve ser fortíssima, para que o pt não consiga cumprir seus planos totalitários. o pt ainda não conseguiu transformar o Brasil num país totalitário, mas todas as suas propostas vão nesse sentido.

As afirmações de lula e fidel, quando criaram o foro de são paulo são claras "ganhar no América latina o que foi 'perdido' na Europa Oriental". Qualquer outra coisa contrária a isso, que eles digam OU FAÇAM, é farsa, á luz disso. Simpels enganação. à luz desse objetivo, fica claro que:

1. A Europa Oriental sob as botas da URSS, sem liberdade de expressão, com assassinatos de milhões, perseguição, tortura, miséria, isso é o "norte moral" do pt. Qualquer outra coisa que eles digam ou façam é farsa, uma vez que esse objetivo ja foi declarado.

2. O governo brasileiro tem agido de acordo com esse objetivo, visto que no plano internacional apoia sempre regimes violentos, anti-humanos, ditatoriais, criminosos. Não é que apenas converse com eles, ele os admira lula declara isso sempres) e os apoia o máximo que pode. Jamais você verá um governo do pt elogiar nenhum governo que não seja horrivelmente criminoso. Lula elogia Kadaffi, Chavez, e o louco da Bomba, o ditador genocida do Sudão, porque queria ser como eles, mas não pode...

3. Nossas instituições, até agora, tem sido fortes o bastante para impedir que o Brasil vire uma ditadura. Mas a situação está periclitante. Se não houver uma oposição fortíssima nos próximos anos, nada garante que continuaremos um democracia.

4. Todo o bem na economia que você vê foi gerado pelo governo anterior. A estabilidade cambial que você vê, deve-se principalemnte às exportações de soja (cujos produtores os petistas odeiam) e de minérios e aos investimentos diretos estrangeiros em ex-empresas estatais. Eu tenho idade para ter visto o pt demonizando a privatização de Vale, e depois ví os mesmos petistas dizendo que não queriam reestatizar a Vale, porque só impostos que ela paga agora são muito mais do que o lucro bruto no tempo em que era estatal.

Tiago Abdalla disse...

Norma,

também não assisti quase nada da propaganda eleitoral, mais os debates mesmo.

Mas, parece que sim; se "colasse" na cabeça dos brasileiros os atos de guerrilha da esquerda do passado como ações heróicas, com certeza isso seria enfatizado na propaganda, porém, tenho a impressão que não foi.

Isso significa que o marxismo já não é mais tão saudado como a panacéia que resolve os problemas sociais. Também, depois da URSS, Coréia do Norte, Cuba, China, etc., me parece que as pessoas tem um pé atrás com representantes que erguem a bandeira marxista.

A leitura está correta?

Abraços!

Renato disse...

Norma, sei que é um pouco atrasado mais desejo felicidades para a Senhora e o André.

Sei também que é um pouquinho atrasado o meu comentário sobre o pleito eleitoral, que já passou, mas gostaria que a senhora lesse esse artigo muito bom que demonstra como PT E PSDB não tem diferenças!

http://contraimpugnantes.blogspot.com/2010/10/breves-palavras-sobre-o-pt.html

Suderland disse...

Caros irmãos, Deus é soberano, a Dilma foi eleita pela vontade de Deus. Quem é cristão DEVE obedecer a Deus ou filosofias de direita e esquerda? Quem é o nosso Senhor de fato? Deus o que o mundo nos ensina sobre direita e esquerda?

Se Deus é teu Senhor, pois guarde A Palavra de Deus abaixo com temor e amor e respeite a Dilma:


Rm 13:1 Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas.
Rm 13:2 De modo que aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação.
Rm 13:3 Porque os magistrados não são para temor, quando se faz o bem, e sim quando se faz o mal. Queres tu não temer a autoridade? Faze o bem e terás louvor dela,
Rm 13:4 Visto que a autoridade é ministro de Deus para teu bem. Entretanto, se fizeres o mal, teme; porque não é sem motivo que ela traz a espada; pois é ministro de Deus, vingador, para castigar o que pratica o mal.
Rm 13:5 É necessário que lhe estejais sujeitos, não somente por causa do temor da punição, mas também por dever de consciência.
Rm 13:6 Por esse motivo, também pagais tributos, porque são ministros de Deus, atendendo, constantemente, a este serviço.
Rm 13:7 Pagai a todos o que lhes é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem respeito, respeito; a quem honra, honra.
Rm 13:8 A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros; pois quem ama o próximo tem cumprido a lei.
------------------
Mt 5:43 Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo.
Mt 5:44 Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem;
Mt 5:45 para que vos torneis filhos do vosso Pai celeste, porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos.
Mt 5:46 Porque, se amardes os que vos amam, que recompensa tendes? Não fazem os publicanos também o mesmo?
Mt 5:47 E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os gentios também o mesmo?
Mt 5:48 Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste.

---------------
1Tm 2:1 Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens,
1Tm 2:2 em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranqüila e mansa, com toda piedade e respeito.
1Tm 2:3 Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador,
1Tm 2:4 o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade.

------------------
1Pe 2:13 Sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor, quer seja ao rei, como soberano,
1Pe 2:14 quer às autoridades, como enviadas por ele, tanto para castigo dos malfeitores como para louvor dos que praticam o bem.
1Pe 2:15 Porque assim é a vontade de Deus, que, pela prática do bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos;
1Pe 2:16 como livres que sois, não usando, todavia, a liberdade por pretexto da malícia, mas vivendo como servos de Deus.
1Pe 2:17 Tratai todos com honra, amai os irmãos, temei a Deus, honrai o rei.
1Pe 2:18 Servos, sede submissos, com todo o temor ao vosso senhor, não somente se for bom e cordato, mas também ao perverso;
1Pe 2:19 porque isto é grato, que alguém suporte tristezas, sofrendo injustamente, por motivo de sua consciência para com Deus.

-----------------
Fl 3:20 Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,

Norma disse...

Suderland, onde você esteve nesses últimos anos? Na lua? Leia meu último post, por favor.

Engana-se você, se pensa que a sujeição bíblica às autoridades inclui a conivência com o pecado delas. Por acaso os discípulos de Jesus se mantiveram sujeitos às autoridades quando apanharam e lhes ordenaram que não pregassem mais em nome de Jesus? Cuidado com essa exegese manca aí. E dê uma olhada nesse texto de Solano Portela:

http://www.mackenzie.br/fileadmin/Mantenedora/CPAJ/Fides_Reformata/ALegitimidadeDoGovernoEDaPoliticaEmCalvino-Kuyper-Dooyeweerd_Solano_.pdf

Aprendiz disse...

A Verdade é uma autoridade maior que qualquer homem. Mentir a favor de um governante (ou ocultar a verdade que se deve falar), isso sim é desrespeito à autoridade.

Portanto, dizer em alto som quem é Dilma, isso é respeitar uma autoridade maior do que ela.

As parteiras do Egito respeitavam uma autoridade maior, quando salvaram os meninos hebreus (descumprindo as ordens de faraó).

Jonatas respeito uma autoridade maior quando salvou a vida daquele que tinha sido ungido para suceder seu pai (destruindo os planos homicidas de seu pai).

Jeremias e Isaias respeitaram uma autoridade maior, quando diziam ao povo que se rendesse aos caldeus.

João Batista respeitou uma autoridade maior quando chamou PUBLICAMENTE o rei Herodes de adultero.

Jesus (que se despiu de sua autoridade divina para viver como homem sujeito ao Pai) respeitou uma autoridade maior quando repreendeu públicamente os chefes das sinagogas.

Os apóstolos respeitaram uma autoridade maior quando descumpriram as ordens do Sinédrio, e pregaram o Evangelho.

Eu respeito uma autoridade maior quando afirmo que essa mulher que foi eleita agora, é uma criminosa, e que deveria estar na cadeia, junto com seu mentor também criminoso.

Quem continuamente peca contra a Verdade, acaba pecando contra o Espírito.

Aprendiz disse...

Digo parabéns a Ferreira Gullar, mas faço dois reparos.

1. Talvez por medo de dizer tudo o que conhece sobre essa gente, concentra sua crítica na questão administrativa, quando a questão realmente mais relevante é a defesa da liberdade.

2. Não é crível que a escravização de centenas de milhões sob as botas de regimes genocidas tenha contribuido em alguma coisa para a liberdade e o bem estar dos ocidentais. Pelo contrário, milhões de idiotas úteis gastaram suas energias defendendo regimes indefensáveis, quando deveriam é estar usando essa mesma energia para defender a justiça e o desenvolvimento. Nada de bom que um idiota defensor de Mao, Stalin e Pol Pot, repito, nada de bom que tal idiota possa ter feito para outras pessoas em seu próprio país, advém do fato de ter sido idiota defensor de genocidas.

4. Muito da degradação moral a que as pessoas estão se submetendo aqui no ocidente, foi produzida intencionalmente pelos regimes tiránicos socialistas, por meio de seu exército de idiotas úteis que lhes cumpria os planos, sem nem compreender isso.

andré , o eslavo disse...

Aprendiz

Uma coisita. O que vou dize é quase unanimidade entre os economistas e analistas politicos.

FHC , em 1994 consguiu estabilizar a economia.
De 1994 até 2002 , ele , FHC não distribuiu renda , ficou fazendo firula no meio de campo , isso com a economia já estabilizada.De 1994 até 2002 , com a economia estabilizada , FHC não conseguiu alavancar desenvolvimento.

Abraços

Suderland disse...

Norma, ótima forma de responder o que eu postei, ironizando. Aliás, não fiz nenhuma exegese em cima dos textos bíblicos. Essa sua colocação foi infeliz.

Imagino que você deve saber que o Império Romano assassinava cristãos, estimulava orgias sexuais, homossexualismo, idolatria de todas as formas, etc. Pois bem, me mostre UMA passagem no Evangelho onde Jesus, ou Paulo, ou Pedro combateram politicamente o Império? Por favor, me mostre uma passagem que os apóstolos se articularam politicamente? Me mostre uma passagem com eles criticando o imperador politicamente e ofereceram uma solução política?

Minha cara, diante do Evangelho só há duas alternativas: Crer ou não crer! Obedecer ou não obedecer. E só consegue obedecer quem "nega-se a si mesmo", como Jesus disse. A carne tem dessas coisas, faz o ego se inflar com a sabedoria humana e esquecer a sabedoria de Deus, a espiritual. Esquerda e direita são sistemas do mundo, que jaz no maligno. Assumir partidarismo significa seguir o "curso do mundo".

O que fazer diante de uma VERDADE tão clara como essa que Pedro expôs abaixo? Você crê na Palavra de Deus? Se submete humildemente a ela? A escolha é tua.

Ah! Estou na Terra, mas só peregrinando. Meu lar é na Casa do Pai.

1Pe 2:13 Sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor, quer seja ao rei, como soberano,
1Pe 2:14 quer às autoridades, como enviadas por ele, tanto para castigo dos malfeitores como para louvor dos que praticam o bem.
1Pe 2:15 Porque assim é a vontade de Deus, que, pela prática do bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos;
1Pe 2:16 como livres que sois, não usando, todavia, a liberdade por pretexto da malícia, mas vivendo como servos de Deus.
1Pe 2:17 Tratai todos com honra, amai os irmãos, temei a Deus, honrai o rei.
1Pe 2:18 Servos, sede submissos, com todo o temor ao vosso senhor, não somente se for bom e cordato, mas também ao perverso;
1Pe 2:19 porque isto é grato, que alguém suporte tristezas, sofrendo injustamente, por motivo de sua consciência para com Deus.

Aprendiz disse...

Eslavo

Não sei que idade você tem, talvez só fale de ouvir falar, mas eu posso afirmar o seguinte:

1. O crescimento atual é RESULTADO das privatizações que FHC promoveu, e que o pt tumultuou. Teria havido muito mais desenvolvimento econômico na época do FHC se o pt não ficassse o tempo todo fazendo terrorismo, ameaçando dar o calote, com o objetivo de assustar os investidores estrangeiros. Depois o lula mesmo admitiu que eram bravatas para desestabilizar economicamente o pais. Uma pessoa que faz isso não presta.

2. Durante a época do FHC houveram repetidas crises cambiais, em praticamnte todos os países em desenvolvimento. A cada crise de um país, todos os outros eram afetados. Depois disso, na virada do milênio, veio a bonança geral, e todos os países em desenvolvimento surfaram na bonança. Entre eles, o que menos cresceu foi o Brasil.

Aprendiz disse...

Suderland

Os erros do seu raciocínio são extensos, mas foi começar por aqui:

Num regime democrático, VOCÊ é a autoridade. Em todo regime o povo faz política, mas no regime democrático o povo tem muito mais fortemente a obrigação de fazer política. Em tal regime, é particularmente SUA (de você) responsabilidade influir nas decisões políticas. Se essas decisões forem ruins, e você não tiver influido em nada para evitar o pior, será sua responsabilidade o mal que advirá.

Vou dar um exemplo histórico: Stalin cometeu até mais crimes que Hitler, mas os alemães consideram a si mesmos particularmente culpados pelos crimes de Hitler, porque eles tinham mais condições de obsta-lo ou apoia-lo. Embora os russos (e os oultros povos que tinham alguma influência dentro da URSS) sejam também culpados pelos crimes de Stalin, tiveram menos culpa, pois era mais difícil opor-se a ele. No caso de Hitler, foi diretamente o povo alemão que lhe deu poder.

Cristiano Silva disse...

Fora isso o que foi dito acima pelo Aprendiz (bela resposta), acrescento: o coração do Evangelho é crer em Cristo, contudo, a Palavra também declara que:

Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas. (Ef. 2:10)

Somos chamados em Cristo para as "boas obras", e o cristão sabe que estas boas obras se refletem em todas as áreas da nossa vida, em todas as nossas atividades: profissional, em família, etc. Isso seria diferente se o cristão fosse chamado para atuar na Política? Obviamente que não. Se o exemplo de Daniel na Babilônia não basta, vejam então exemplos mais recentes como o de William Wilberforce na Inglaterra, e o fruto do seu trabalho político: um exemplo para todos os cristãos de todas as épocas [1]. Como ele, a História também tem exemplos de cristãos atuando na área política, e o bem que promoveram através do seu trabalho.

E se não atuarmos diretamente na Política, o ser humano ainda assim é um ser político. Política faz parte das nossas vidas, quer queiramos ou não (ora bolas!). Toda a nossa vida é influenciada por decisões políticas, todos os dias, e graças a Deus que vivemos em um regime democrático, onde podemos levantar a nossa voz para concordar, discordar, criticar, sugerir, denunciar - algo totalmente diferente da época dos profetas e apóstolos, diga-se de passagem. Neste espaço a Norma faz isso, assim como outros, e nos últimos anos percebi em mim a importância disto. Posicionamento político, crítica ou denúncia não significam necessariamente falta de respeito à autoridade, ou no nosso caso, ao Lula ou a Dilma. Ele é ainda o nosso presidente, e ela será à partir do ano que vem, e se temos a ordem de amar até mesmo os nossos inimigos, quanto mais o nosso presidente. Só não concordamos com tudo o que dizem ou fazem, e temos preocupações específicas em alguns pontos.

O fato da Bíblia não ter manifestações políticas não significa em nada que estas são erradas; a Bíblia também não fala nada sobre outros assuntos de outras áreas, o que também não significa que estas outras áreas estejam erradas, e alguns cristãos sinceros tem dificuldade de assimilar isso. E se Diabo usa da Política para atingir os seus fins, ora, da mesma forma usa outras coisas? Vou viver numa caverna por isso, ou vou procurar trabalhar e resistir a isso? Isso não significa que a Política ou estas outras coisas sejam atividades diabólicas em, mas sim instrumentos dele. Da mesma forma, o trabalho humano manifestado nas mais diferentes áreas (filosóficas, políticas, científicas) é imperfeito, e muitas vezes reflete um posicionamento anti-cristão à luz da Palavra, mas isso não significa dizer que tudo não presta, que devemos nos abster de todas as coisas.

Uma nota mais ou menos relacionada à estas coisas (que vocês o julguem): às vezes lendo os Evangelhos percebo o quanto Jesus, Nosso Senhor, seria considerado hoje como um verdadeiro bocudo, vocês não acham isso? Olhem por exemplo o jeito que Ele se referiu ao rei Herodes, autoridade na Judéia:

Ele, porém, lhes respondeu: Ide dizer a essa raposa que, hoje e amanhã, expulso demônios e curo enfermos e, no terceiro dia, terminarei. (Lucas 13:32)

Muito politicamente incorreto…

God bless you all folks.

[1] Recomendo fortemente a todos este filme. Assistam!

Suderland disse...

Caros, respeito profundamente a opinião de todos, vou apenas expor novamente o meu ponto de vista para tentar esclarecer mais um pouco a minha opinião. Buscando fazer isso com mansidão. Espero que assim recebam essas palavras abaixo.

Primeiro, não disse que "política não faz parte das nossas vidas". É óbvio que qualquer postura nossa diante da sociedade é uma postura política. Minha crítica é contra o partidarismo político, que no meu entender é um erro do cristão se tornar um defensor de direita ou esquerda, pois isso é fugir do padrão bíblico de se viver sóbria e justamente nesse mundo (vou citar mais alguns exemplos abaixo). Posto que ambos os lados possuem virtudes e defeitos e ambos servirão ao anticristo.

Como cristãos não devemos nos conformar com o curso deste mundo, seja de esquerda ou direita, devemos mostrar a excelência da vida em Cristo que nos liberta dessas questiúnculas de direita e esquerda, que tiram o foco das forças satânicas por trás da política.

Outro erro colocado aqui é que as denuncias dos profetas não eram contra os governos políticos seculares, eram contra os líderes religiosos judeus. E Jesus NUNCA protestou contra o Império Romano. Ele criticou duramente os religiosos e suas hipocrisias, pois religioso hipócrita tem o péssimo hábito de "coar mosquito e engolir camelo", segundo Jesus Cristo.

E não é verdade que o Evangelho não tem manifestações políticas. O que Jesus respondeu quando queriam um posição política dEle e perguntaram sobre os impostos abusivos que exploravam o povo judeu? Ele disse que os impostos eram abusivos, que o povo deveria ter consciência disso e lutar por seus direitos? Lutar por um imposto justo? Não, caros, Jesus simplesmente disse: "Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus." (Mc 12:17). Que balde de água fria para os politizados zelotes que queriam um Messias-Rei-Político. Pelo amor de Deus, não está claro aqui a separação de valores que Jesus fez? Uma coisa é o que é de Deus e outra o que é do mundo? E a que devemos nos ater? Às coisas do mundo ou às de Deus? Em nome de Cristo, meditem com temor e amor nessas Palavras de Jesus!

E o Evangelho nos diz mais...

Eu pergunto: nossa luta deve ser contra governos humanos ou contra Satanás e suas hordes? Sobre isso Paulo disse claramente: "Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais." (Ef 6:12)

O que devemos fazer diante de um governo que faz algo que julgamos errado? Fazer o que a mente humana (carne) manda: Protestar, "resistir" às autoridades instituídas por Deus (a Dilma, por exemplo, ganhou contra a vontade de Deus cristiano?) ou fazer o que o Evangelho manda: "Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade; Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador" (I Tm 2:1-3).

Afinal de contas, eu creio ou não na soberania de Deus!? Eu devo fazer o que "eu acho", o que "eu penso", ou que Deus ensinou?

E diga-se de passagem que o Evangelho diz claramente sobre governos perversos: "Tratai todos com honra, amai os irmãos, temei a Deus, honrai o rei. Servos, sede submissos, com todo o temor ao vosso senhor, não somente se for bom e cordato, mas também ao perverso;" (1 Pe 2:17,18).

Que coisa absurda e mais “retrógrada” para um homem natural e político ouvir isso. Leia esse versículo para um humanista, ou esquerdista, ou neoliberal (direita) para vocês verem a reação deles.

Continua...

Suderland disse...

Estou tentando postar minhas respostas mas está dando erro.

Bem, aprendiz! De fato há vários erros de raciocínio nas minhas palavras, porque não estou falando de uma loucura (I Co 1).

Mas mesmo usando a razão humana essa sua frase "Num regime democrático, VOCÊ é a autoridade." é um sofisma. Porque, sim, eu tenho meus deveres e direitos, mas acima de todos nós há as autoridades, as mesmas que a Bíblia manda respeitar após eleitas pela maioria, não só por mim e "minha autoridade". Não adianta usar sofismas para fugir do Evangelho, meu caro.

Por favor, tenho 33 anos, não sou nenhuma criança. Use argumentos válidos.


Você também falou de política econômica na sua resposta anterior. E concordo que algumas políticas do FHC ajudaram o Brasil. Porém, a sua visão é partidária, não é sóbria. Pois tudo de bom se deve ao FHC e tudo de ruim ao PT. Eis o mal do partidarismo, deixa a pessoa cega a ponto de ver o que de bom ambos os partidos, PSDB e PT, fizeram pelo Brasil.

Você é um exemplo claro do mal do partidarismo. E até o que aconteceu de ruim ao Brasil se deve a fatores externos, nunca ao PSDB. Ora, o Lula pegou a maior crise desde 1930, segundo economistas, e o Brasil superou a crise de forma contundente. O próprio PSDB fez "declarações terroristas" como você classificou. Tem vídeos no youtube do Serra chamando o Lula de irresponsável e depois dizendo que agiu igual ao Lula para superar a crise (tsc!).

Mas não quero discutir isso, pois quando alguém é partidarista, é incapaz de ver o "outro lado".

Vou tentar voltar ao cerne da questão... Que é a visão espiritual que estou querendo mostrar!

Aliás, não vou me alongar muito mais. Com esse outro post eu encerro minha participação. Vou mostrar passagens do Evangelho, quem ouvir, que ouça e creia.

Paz!

Suderland disse...

Norma, não sei se você está recebendo várias mensagens, se estiver me desculpe. É que está dando erro quando envio, por isso envio novamente.

Continuando...

Cristiano, quanto ao que Jesus falou sobre Heródes tem só um "pequeno" detalhe bem significativo: Jesus, O Senhor, tinha autoridade para falar o que Ele falou. Você tem a mesma autoridade de Jesus para fazer esse tipo de julgamento? Se sim, então há uma "pequena" contradição no Evangelho entre o que Jesus ensinou e o que Pedro ensinou em 1 Pe 2:17,18.

Aliás, quando Pedro foi preso, a igreja já tinha aproximadamente 5.000 almas, e o que eles fizeram? Pegaram suas placas e foram às ruas pedir a libertação do santo irmão Pedro? Ou foram orar em conformidade com palavra do Mestre “Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem”?

E o que dizer de Ló que viveu na promíscua Sodoma? (2 Pe 2), o justo Ló liderou um movimento contra a prática homossexual?!? Não, foi Deus que agiu! Vejam e levem isso para suas vidas: "E livrou o justo Ló, enfadado da vida dissoluta dos homens abomináveis; (Porque este justo, habitando entre eles, afligia todos os dias a sua alma justa, vendo e ouvindo sobre as suas obras injustas);"

Tratam o resultado, tratam a doença não tratam a causa - se apenas obedecermos a Deus e levarmos o verdadeiro evangelho que coloca pecador e remidor frente a frente, o abandono da pratica do aborto, homossexualismo e outros será conseqüência natural da nova natureza regenerada.

Só estou argumentando com vocês por amor a irmãos de fé! É com angústia que vejo o povo de Deus seguindo o curso do mundo, se iludindo e se enveredando nesse jogo satânico da política. Na hora do voto exerçamos nosso direito de cidadão, escolhamos um candidato e conversemos sobriamente sobre política, mas não sejamos "partidaristas", como as pessoas do mundo são. Temos que ser sal e luz em tudo, inclusive na política.

E agora pergunto: os evangélicos tem sido sal e luz na política? Longe disso, vejamos. De 1989 à 1998 o Lula era o demônio para os evangélicos e católicos, enquanto em 1989 o Collor era o "homem de Deus". E no que deu? Vergonha. Depois veio outro "homem de Deus", o Garotinho. E no que deu? Vergonha. Nos EUA os radicais de direita juntamente com os evangélicos disseram que o Bush era o "candidato de Deus" por defender a moral cristã (que parece se resumir ao aborto e ao casamento homossexual tsc!). E no que deu? Vergonha! Ele foi um dos piores presidentes dos EUA. Inventou uma guerra baseada em mentiras que ceifou milhares de vidas, mas é o candidato dos cristãos, não é mesmo? Não importa se morrem milhares, o importante é que ele é contra o "casamento gay" e o aborto. O resto é bobagem. Como Jesus disse: "Condutores cegos! que coais um mosquito e engolis um camelo"(Mt 23:24)

Aliás, os políticos de direita estão ficando experts em ludibriar os cristãos, vide o "Tea Party" nos EUA.

Continua...

Suderland disse...

É, temo que estamos vendo que aconteceu o que Paulo temia!

“Mas temo que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos entendimentos e se apartem da simplicidade e da pureza que há em Cristo." (2 Co 11:3)

Estão vendo a porca suja, estão vendo a oficialização da pocilga para que todos possam se enlamear, e estão brigando pelo projeto “banho da porca!”. Ora os incomodados que preguem a Palavra que é poder para salvação e vejam a natureza porca sendo transformada em natureza de ovelha e esta evitará a lama. “Pois o pecado não terá domínio sobre vós...” (Rm 6.14)!

Por isto nesta “anhanguera” moral, prefiro continuar no caminho estreito que sei onde vai dar...

PS.: Vou deixar um link de texto da opinião de Lutero sobre a relação política e religião. Boa leitura!

Lutero - Mistura indigesta

Aprendiz disse...

Suderland

Chega a ser cansativo ver o seu esforço. Mas vamos lá. Não entendi o que você propõe, mas vou chutar algumas possibilidades. Até porque não sei se você tem clareza do que está pensando:

1. "Jesus não votava, os apóstolos não votavam, logo, os cristãos devem não votar ou anular o voto". Se for isso, freqüento um blog de tenho um TJ (gente fina, gosto dele) que argumenta muito melhor e não me convenceu.

2. "Os cristãos do primeiro século ficavam longe da política". Você só esquece de dizer que viviam sob ocupação militar...

3. "Os cristãos não devem votar em políticos que não sejam de esquerda, porque eles smepre mentem, ao contrário de políticos de esquerda, que sempre dizem a verdade". Ai, ai, ai...

4. "Cristãos deveriam se abster de opinar sobre questões não religiosas, eles são particularmente incapazes". É conheço alguns que são. Mas sou contrário à censura ...

5. "O bom mesmo seria se o mundo voltasse a ser governado por pagãos". É, pra eles seria bom...

6. "Porque há idiotas que não gostam das tentativas de implantar a ditadura?". Sim, sim, todos deveriamos ser bons entusiastas do stalinismo...

7. "Numa democracia perfeita, todos teriam direito à opinião, menos os cristãos e judeus". É conheço pessoas que pensam assim...

Desculpe se os significados que supus para as suas palavras parecem um tanto caricatos. Não consegui tirar significados mais profundos do que esses das suas palavras...

Suderland disse...

Aprendiz, acho que estou escrevendo grego para você ter me interpretado tão equivocadamente. Também acho que já estou repetitivo, mas vou responder suas dúvidas abaixo, por respeito a você:

Parte 1



1. "Jesus não votava, os apóstolos não votavam, logo, os cristãos devem não votar ou anular o voto". Se for isso, freqüento um blog de tenho um TJ (gente fina, gosto dele) que argumenta muito melhor e não me convenceu.



> Não afirmei isso. Cristão tem todo o direito de votar e dialogar, se quiser. Só não sou a favor de partidarismos, de levanar bandeiras partidárias, pois isso nos cega e nos afasta de um entendimento justo, pois todos os partidos possuem virtudes e defeitos. A bandeira do cristão deve ser somente a de Jesus Cristo. Ao menos para quem O tem como SENHOR.



2. "Os cristãos do primeiro século ficavam longe da política". Você só esquece de dizer que viviam sob ocupação militar...



> Não esqueça que Paulo, Pedro, Lucas, Barnabé e muitos outros cristãos passaram por cidades da Grécia Antiga, berço da democracia, onde eles podiam expressar suas opiniões, vide Atos 17, quando Paulo foi ao Areópago. E no Evangelho escrito por eles para a Igreja de TODAS as eras o que vejo é o amor deles por Deus, por Jesus, pela Palavra, não por governos ou política. Ou você acha que os ensinamentos do Evangelho estão incompletos ou ultrapassados?



3. "Os cristãos não devem votar em políticos que não sejam de esquerda, porque eles smepre mentem, ao contrário de políticos de esquerda, que sempre dizem a verdade". Ai, ai, ai...



> Aqui você demosntra que realmente é partidarista, o que me entristece, qdo vem de um cristão. E ainda atribui a mim uma frase que nem em sonho eu diria. Na verdade temo que essa sua frase esteja denunciando um pensamento teu em relação à "santidade" da direita. Nem direita, nem esquerda são dignos de nossa coanfiança. Como Deus alertou há milhares de anos: "Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR!" (Jeremias 17:5). Tua paixão pela direita te impede de ver as virtudes da esquerda, da mesma forma que um marxista não consegue ver as virtudes da direita.



Continua..

Suderland disse...

Parte 2

4. "Cristãos deveriam se abster de opinar sobre questões não religiosas, eles são particularmente incapazes". É conheço alguns que são. Mas sou contrário à censura ...

> Outro engano teu, não disse que somos incapazes, muitos menos que não devemos opinar. Apenas acho que devemos opinar com um olhar neutro, isento da visão carnal de "direita" ou "esquerda". Isento até mesmo da nossa mídia, pois ela claramente se divide entre defensores do PSDB e do PT e para isso usam dois pesos e duas medidas. Nós devemos demosntrar ao mundo uma justiça mais sublime. A política é imunda, tanto que as vezes que os evangélicos viraram partidários nas duas últimas décadas foi para ficar envergonhada. Não esqueça que os evangélicos apoiaram o Collor, apoiaram o Garotinho e nos EUA defendiam o Bush com unhas e dentes. Não seria melhor deixar os cristãos por si só discernirem o que é melhor para o país sem ficar usando a igreja para manobrar os fieis? Nessas eleições usaram o tema aborto e homossexualismo para pedirem voto para o Serra. Outro testemunho vergonhoso dos evangélicos, pois demonstraram ignorância política, posto que o PNDH1 o PNDH2 e a lei do aborto foram feitos no governo do PSDB. Para fazer um julgamento justo, ou os pastores apontavam voto para a Marina, ou indicariam voto nulo, já que PT e PSDB estão historicamente do mesmo lado nessas questões. Estranho até ninguém ter citado que recentemente o FHC estava fazendo palestras no Rio pedindo a legalização da maconha. A hipocrisia impera na política e entre alguns religiosos.

Não seria melhor que cada cristão buscasse a orientação de Deus ao invés das orientações humanas, mesmo de pastores ou padres, posto que são falhos? Assumir uma paixão humana (e.g., partidária) que pode até mesmo dividir a Igreja não é estar na carne? Ao menos é isso que Paulo disse em (I Co 3:4). Tudo que divide é carnal. Só em Cristo, no Espírito é que a Igreja fica unida.

5. "O bom mesmo seria se o mundo voltasse a ser governado por pagãos". É, pra eles seria bom...

> Por favor, Aprendiz, sem ironias. Não penso assim. Nessas eleições minha candidata favorita era a Marina justamente por considerar ela uma irmã de fé autêntica. E perceba que ela é tão coerente que em momento algum ela usou isso para conseguir voto dos evangélicos.

continua...

Suderland disse...

6. "Porque há idiotas que não gostam das tentativas de implantar a ditadura?". Sim, sim, todos deveriamos ser bons entusiastas do stalinismo...

- "Stalinismo"?! Meu caro, o teu partidarismo, no caso pela direita, está te cegando e te enchendo de amargura (usa até palavras como "idiota"). O fascismo, o nazismo foram ditaduras de direita, por sinal eram inimigos dos comunistas, tentaram tomar a URSS. Procure "ver espiritualmente" que "esquerda" e "direita" são apenas lados diferentes da mesma moeda mundana. Ambos estão na lama do mundo e os cristãos estão entrando nessa lama. Quem assume um lado está se enganando, e se distanciando da simplicidade e Verdade do Evangelho. Leia o Evangelho (Rm 13, I Tm 2, I Pe) e medite nisso. Me entenda, não estou defendendo partido ou ideologia nenhuma. Pouco me importa em quem você votou. Estou apenas buscando mostrar ao povo de Deus que nenhum partido é digno de nossa confiança, só DEUS é!

7. "Numa democracia perfeita, todos teriam direito à opinião, menos os cristãos e judeus". É conheço pessoas que pensam assim...

> Não penso assim. Me desculpe mas os significados que você supôs para as minhas palavras são realmente caricatos e de certa forma desrespeitosos. Para você tirar significados mais profundos do que tenho escrevido terá que buscar entendimento no Espírito Santo, porque as coisas espirituais se discernem das carnais (1 Co 2:14). Aliás, foi por isso que enchi meus comentários anteriores de passagens do Evangelho. Não creia em mim, creia no Evangelho... Você crê na soberania de Deus? Se sim, então sabemos que a Dilma chegou ao poder pela vontade de Deus, para "bem" ou "mal".

1 Pedro 2

13 Sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor, quer seja ao rei, como soberano,

14 quer às autoridades, como enviadas por ele, tanto para castigo dos malfeitores como para louvor dos que praticam o bem.

18 Vós, servos, sujeitai-vos com todo o temor aos senhores, não somente aos bons e humanos, mas também aos maus.

Romanos 13

1 Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas.

2 De modo que aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação.

Paz!

Aprendiz disse...

Suderland

Espero que um dia você caia em si.

Comece conhecendo um pouco mais de história. Recomendo que você estude melhor a história da Segunda Guerra, e deescubra que a Alemanha e a URSS tinham um pacto. Não era um simples pacto de não agressão, mas de cooperação. Começaram a segunda guerra como aliados, dividindo entre si a Polônia, e iguamente dividiriam entre si, conforme seus planos originais, toda a Europa Oriental. Foi dentro desse acordo que a URSS tentou tomar a Finlândia (e foi vergonhosamente derrotado por um exército muito mais fraco). E nada há de incoerente nesse acordo. Ao mesmo tempo em que comunistas eram presos na Alemanha, comunistas franceses, ingleses e americanos tudo faziam para demover seus países de qualquer ato de oposição a Hitler. Quando este quebrou o pacto e invadiu a URSS, subtamente os comunistas do mundo todo, que haviam incentivado a passividade, se tornaram ardorosos defensores da guerra cotra Hitler.

Após a destriução do nazismo, os comunistas prestaram um último favor à ideologia irmã; se tornaram os grandes defensores da negação do Holocausto. Milhares de estudantes do 3º mundo que iam estudar na URSS, lá aprendiam nas universidades, que o Holocausto não existiu, ou que apenas alguns poucos judeus foram mortos por Hitler.

Abbas, o atual presidente da ANP, escreveu uma tese negando Holocausto, quando estudou na URSS.

Há muitas outras coisas que as pessoas deveriam saber. Já ignorei muitas coisas, e isso me tornava mais esquerdista. Creio que a primeira idéia errada que se deve jogar fora é essa emntira de que o nazismo e o comunismo estão nos "extremos opostos". Essas duas ideologias totalitárias tem suas diferenças, mas suas similitudes são gritandes demais para serem ignoradas.

Depois de ter estudado isso, suponho que você deva ler algo sobre como começou a Guerra dos Seis Dias, e o verdadeiro papel da URSS nela.

Não sou favorável ao meio termo. O meio termo entre a tirania e a liberdade, é tirania. O meio termo entre a verdade e a mentira é mentira. O meio termo entre a justiça e a injustiça é injustiça.

Suderland disse...

Também espero que você caia ma real (não em "si" pois esse devemos negar a pedido de Jesus) e entenda, um dia, que "direita" e "esquerda" é um ardiloso jogo de Satanás. Ir por esse caminho que você está indo significa seguir o curso do mundo, e o pior, no dia que o anticristo estiver no poder pessoas que pensam como você serão usadas por ele. Só quem estiver cingido pelo Evangelho ficará livre da mentira que enganará bilhões.

Não seja presunçoso, Aprendiz, eu conheço "um pouco" de história. O suficiente para saber que os EUA, a bendita "nação cristã", democrata e de direita forneceu um software feito pela IBM aos nazistas para que esses catalogassem os judeus para extermínio. Você sabia disso? Empresas americanas lucraram MUITO com a 2ª Guerra. Só depois de Pearl Harbor é que os EUA resolveram entrar na guerra. A história mostra muitos outros absurdos promovidos pela "direita", como a exploração dos negros pelos "europeus cristãos", que sequer consideravam os negros "gente".

Citei esses dois exemplos só para te mostrar que a "direita" também é tão suja quanto a "esquerda". Não há bom aqui na Terra, Aprendiz. Jesus mesmo ensinou que só DEUS é BOM.

Ah! Você não me entendeu ainda, também não sou favorável ao meio termo. Sou favorável e ficar ACIMA dos termos humanos. Sou favorável a ficarmos com a Verdade do Evangelho.

Você sabe qual é a nossa Grande Comissão dada por Cristo? Cumprir o "Ide" (Mc 16) para "abençoar todas as família da Terra" (Gn 12). Me mostre Jesus ou os apóstolos ensinando a escolher um lado nos governos do mundo que eu mundo minha opinião.

Nossa parte no mundo é ser luz, é fazer a diferença exercendo uma justiça superior, um amor superior, uma mansidão superior, uma sabedoria superior, que não é humana, nem de direita, como você supõe.

Que o Espírito Santo te livre desse grande engano!

Aprendiz disse...

Suderland

Essa história de negócios entre empresas ocidentais e os nazistas não é segredo para nunguém, da mesma forma que muitas empresas ocidentais apoiaram os regimes comunistas da URSS, China, etc. Aparentemente você quis ignorar o cerne do meu argumento, isto é, que o comunismo e o nazismo não estão em extremos opostos. Há mais semelhenças entre eles do que as semelhenças de qualquer um deles com o sistema democrático. Do ponto de vista econômico, o nazismo está em algum lugar entre o comunismo e o sistema de mercdado. Do ponto de vista social, é extremamente diferente da democracia, e extremante parecido com o comunismo.

Suderland disse...

Aprendiz, como disse antes, o cerne disso tudo, para mim, é espiritual. Ficar discutindo quem é melhor (direita ou esquerda) é discutir, em última instância, qual lado enganará melhor as "pessoas de bem". Parece que você não observou nenhum comentário bíblico que postei, mas não vou fazer o mesmo com você. Vou comentar o que você considera importante.

Para mim, direita e esquerda possuem pontos negativos e positivos. Mas já que você só vê virtudes na direita, vou deixar alguns links para você ler.

1. Sobre o Nazismo: "O nazismo é frequentemente considerado por estudiosos como uma derivação do Fascismo. Mesmo incorporando elementos tanto da direita política quanto da esquerda política, o nazismo é considerado de extrema direita." Fonte: Wiki

2. Sobre o Fascismo: "O fascismo é uma corrente prática da política que ocorreu na Itália, opondo-se aos diversos liberalismos, socialismos e democracias. Surgiu no período entre guerras, e abriu caminhos para o surgimento de diversos outros movimentos e regimes de extrema direita." Fonte: Wiki

3. Não podemos esquecer as cruéis ditaduras da direita na América Latina patrocinadas pelos EUA (afirmo isso baseado numa confissão do embaixador americano no Brasil de 1964 no programa Roda Viva, da TV Cultura). Quantos estudantes foram assassinados cruelmente só por serem "suspeitos"? Mas a direita é "santa", faz em nome de Deus e da ordem social, não é mesmo?

"O temor ao comunismo influenciou a eclosão de uma série de golpes militares na América Latina, seguidos por ditaduras militares de orientação ideológica à direita, com o suposto aval de sucessivos governos dos Estados Unidos da América, que consideravam a América Latina como sua área de influência. [...]Com a polarização das ideologias houve a eclosão de inúmeros golpes de estado financiados pelos governos americano, soviético e chinês. [...]Os comunistas, através de um sistema socialista autoritário, detinham o poder do bloco através de sistemas ditatoriais, os capitalistas mantinham o poder através do controle econômico, cuja estrutura também financiava ditaduras de direita, que também eram sistemas autoritários." Fonte: Wiki

Veja que o que interessa para os governos de direita e esquerda é o poder, o controle. Se eles se sentem ameaçados, então partem para meios escusos.

Caro Aprendiz, meu conselho é que você levante uma só bandeira: a do Senhor Jesus! Que é o único Homem BOM e confiável que pisou na face da Terra.

Aprendiz disse...

Suderland

1. Não discuti nada do que você postou sobre a Bíblia em relação às autoridades, porque não vi nada que devesse ser discutido. Os textos bíblicos não são discutíveis, são a verdade.

2. No contexto em que você cita os textos, e considerando o conjunto do que você diz, fica a impressão de que você não vê mal nos sistemas totalitários, embora julque condenáveis as ditaduras chamadas "de direita".

3. Que o nazismo e os fascimos são chamados de "direita", isso aprende-se na escola. Eu estava convidando você a considerar as reais características desses sistemas, leva-lo a entender suas semelanças com o comunismo. A vinha crítica a essa classificação (nazismo e fascismos em oposição ao comunismo) é que ela induz ao erro.